Compre Cripto
Mercados
Contrato
À vista (Spot)
Ganhe
Web3 new
Aprender
Blogs > Introdução a Criptomoedas > O que é Web3: A internet descentralizada do futuro >

O que é Web3: A internet descentralizada do futuro

Author: Aricia Date: 2022-11-21 17:33:31

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Telegram
  • Discord
  • Youtube
Subscribe Phemex

Get The Latest News And Updates From Phemex!

giftRegister to get $180 Welcome Bonus!
Email
Password
Código de convite (opcional)

Web3 Internet Future

A internet é uma das maiores invenções, ela foi um catalisador para a era próspera da globalização e interconectividade, permitindo que pessoas de todo o mundo interajam, socializem, negociem e colaborem.

No entanto, a internet também é uma grande empresa, e assim, acabou evoluindo de formas negativas, quando grandes corporações e empresas de tecnologia apareceram e criaram muros, monopolizando certos produtos e aplicativos, como pesquisa, publicidade, entretenimento e software. Como resultado, a internet tornou-se fragmentada e não tão aberta e democrática como planejado originalmente.

No início, a internet era representada por páginas HTML estáticas e Internet Relay Chats (IRC) semelhantes a um bloco de texto digital que só permitiam interatividade limitada.

Hoje, no entanto, temos sites dinâmicos de mídia social e aplicativos interativos – basicamente leitura + gravação. Mas a Web3 representa a próxima versão da internet onde os usuários podem ler, escrever e possuir. A Web3 consiste em você possuir o conteúdo, os dados e as propriedades que você comprou no ciberespaço.

O que é Web3?

A Web3 é a próxima versão da internet que concede às pessoas mais poder, dando-lhes o direito sobre seus dados pessoais e propriedade online. A Web3 foi desenvolvida e financiada pela tecnologia blockchain, NFTs e criptomoedas.

Está chegando ao fim os dias que grandes empresas da internet podem acessar os dados dos usuários sem proteção de privacidade e criar grandes negócios publicitários. Essa tendência é evidente com as proteções de privacidade de dados e leis que surgem nos EUA, Europa e Ásia.

A propriedade de dados é o primeiro segmento que a Web3 visa. Isso ocorre porque ela corrige problemas de propriedade de dados da Web2 incorporando tecnologias emergentes, como criptomoedas, blockchain, NFTs e data centers descentralizados.

Web 2 vs. Web 3

Embora a versão atual da internet (Web 2.0) possua uma base de usuários ativa de mais da metade da população mundial, ela está sujeita a controle centralizado, vigilância pesada e publicidade exploradora por corporações multinacionais.

Web2 vs. Web 3
Web2web3
InternetCentralizada, Big TechDescentralizada, Blockchains
MoedasFiduciária, CBDCsCriptomoedas, Stablecoins
SocialFacebook, InstagramSocialFi, Algoritmos Descentralizados
GovernoInstituiçõesDAOs
JogosMicrosoft, PlaystationJogos Blockchain (GameFi)
FinançasBancos, Plataformas CentralizadasExchanges, Blockchain Wallets

A Web3 é a nova geração da internet Web2 que promete trazer de volta a visão original do Sir Tim Berners de uma rede aberta, sem necessidade de confiança e permissão. Vamos rever brevemente a história da internet para entender melhor as bases para uma nova Web 3.0.

Evolução da internet: Uma breve história

O que é Web 1.0

No início, a Web 1.0 não era nada mais do que uma rede privada de computadores conectados compartilhando informações. Os primeiros usuários desta internet tinham que pedir permissão para se conectar ou ficar online. No entanto, Berners-Lee, o inventor da World Wide Web, rapidamente percebeu que todo o potencial da internet seria melhor alcançado através de uma plataforma acessível por qualquer pessoa.

A Web 1.0 é melhor caracterizada por um usuário da internet que vai até sua área de trabalho, abre o Internet Explorer ou AOL, visita um site estático, lê e envia um e-mail e sai da internet. Ela era baseada puramente no consumo de conteúdo estático e comunicação textual.

O que é Web 2.0

Na Web 2.0 (começando por volta de 2003-2004), em vez de páginas HTML estáticas chatas, de repente, qualquer pessoa poderia criar sites interativos com qualquer conteúdo que desejasse carregar. À medida que as velocidades, os servidores e as habilidades dos desenvolvedores melhoraram, deu-se origem a novos tipos de aplicativos online, como as mídias sociais ou sites de streaming de videogames aos quais estamos acostumados hoje.

A Web 2.0 também deu origem a grandes empresas de tecnologia, como MySpace, Facebook, Google, Youtube, Microsoft, Apple, Amazon e provedores de internet, como Verizon, AT&T e T-Mobile, expandindo suas operações e base de clientes para maiores porções da população.

No entanto, o problema com a Web 2.0 era que os dados pessoais e as proteções de privacidade eram fracas, e essas empresas começaram a capitalizar os dados do usuário e a empregar publicidade em seus modelos de negócios.

Este é o maior catalisador que levou à ideia da Web 3.0, além dos escândalos de dados do Facebook, bem como as empresas de jogos e tecnologia que estão criando muros e frustrando os usuários à beira de fazê-los deixar o ecossistema e criar blockchains sem permissão pública.

O que é Web 3.0 e as camadas da nova Internet

Como a Web3 está tentando substituir todo o stack tecnológico, front-end e back-end da internet atual, além de desestabilizar os modelos de negócios das maiores empresas de tecnologia do mundo, há vários segmentos e camadas que ela engloba.

Por exemplo, existem versões da Web3 para aplicativos bancários, versões da Web3 para aplicativos de mídia social, comércio eletrônico, metaverso, jogos, infraestrutura, trabalho, compartilhamento de arquivos, armazenamento, nuvem, empresa, software, criptografia e investimento. Portanto, o setor é complexo e abrangente, com empresas competindo por investimento e participação de mercado.

Abaixo está um detalhamento do stack tecnológico da Web3 atual, bem como segmentos populares que já começaram a se desenvolver.

  • Camada de acesso: A Camada de Acesso refere-se a aplicativos como carteiras e navegadores como Brave, Metamask, Phantom e Phemex que incorporam usuários na Web3. Isso também inclui aplicativos DeFi, como DApp Radar, Zapper, Zerion, que ajudam as pessoas a acumular recursos financeiros e moedas da Web3 para usar no cotidiano. A camada de acesso destina-se a ajudar as pessoas a acessar a Internet Web3, dando-lhes uma carteira blockchain. Semelhante à forma como as pessoas podem acessar a Internet Web2 e vincular seus cartões de débito e crédito a serviços online, permitindo-lhes usar vários aplicativos e sites.
  • Camada de Caso de Uso: A Camada de Caso de Uso refere-se a casos de uso da Web3, como jogos (GameFi), conteúdo/social (SocialFi), NFTs e outros serviços financeiros. O jogo é um segmento popular na Web3 com um valor de mercado de US$ 4 bilhões. Os jogos de caso de uso populares na Web3 incluem: The Sandbox, Axie Infinity, Enjin, Gala, Yield Guild Games, Illuvium e Alice. O SocialFi e seu conteúdo incluem material escrito na Web3 que qualquer pessoa pode acessar, bem como plataformas de mídia social Web3. A camada de caso de uso também se refere à publicação online, plataformas de mídia social descentralizadas e mercados de NFT que permitem que as pessoas comprem NFTs que lhes concedem acesso a vantagens e outros recursos úteis.
  • Infraestrutura descentralizada: A infraestrutura descentralizada refere-se a segurança, armazenamento, análise, comunicações, governança, identidade, privacidade, APIs, pontes, oráculos, indexação e consulta, transações, Nós como Serviço, redes P2P e ambientes de desenvolvimento. Especificamente, projetos como Arweave, Filecoin, IPFS, Chainalysis, Dune Analytics, ENS, Curve, Uniswap, Aave, Compound e Lido. A infraestrutura é o componente básico da internet Web3 que buscam substituir serviços e aplicativos de assinatura online em nuvem, como o Google Drive, por exemplo.
  • Camada de protocolo: A camada de protocolo é a mais fácil de ver e entender porque inclui camadas 1s, soluções de escala, pontes, bem como Bitcoin, Ethereum, Solana, Avalanche, Cosmos, Optimism e Polygon. É na parte inferior do stack da Web3 que todos os serviços e aplicativos são criados e podem ser vistos como os mais importantes. A blockchain é o rei e aplicativos descentralizados com aspirações Web3 são construídos em blockchains.
  • Camada de aplicativo descentralizado: Aplicativos descentralizados (DApps) também combinam com as seções acima, pois se referem a aplicativos sociais na Web3, jogos, NFTs, análises, aplicativos DeFi, navegadores, mercados e carteiras. Não está claro ainda onde exatamente está o stack, mas é fácil pensar nessa camada como aplicativos, assim como você está acostumado na área de trabalho ou no celular. A camada de protocolo é o sistema operacional, e a camada de aplicativo descentralizada são todos os aplicativos desenvolvidos no ecossistema do sistema operacional.

Desafios da Web 3.0

Os desafios atuais da Web3 podem ser resumidos em aplicativos que oferecem uma má experiência aos usuários, gráficos e design pobres, protocolos de segurança ruins, falta de responsabilidade de pessoas mal-intencionadas, marketing, falha em cumprir as promessas de descentralização, golpes e falta de casos de uso.

No entanto, é importante lembrar que a Web3 está sendo discutida há apenas um ano e meio, então a indústria é relativamente jovem. Durante o bear market atual, continuamos vendo muito desenvolvimento, então não será até a próxima alta do mercado e onda de adoção, que veremos os frutos das recentes melhorias da Web3.

Como acessar a Web 3.0 em 2022? Exemplos da Web 3.0

A primeira coisa a fazer para acessar a Web3 em 2022 é baixar uma carteira de blockchain/criptomoedas (MetaMask) e registrar uma conta em uma exchange como a Phemex. Após fazer isso, você poderá conectar suas carteiras a vários aplicativos, como StepN e StepWatch, dois aplicativos de exercise-to-earn da Web3 e plataformas metaverso, como Decentraland e The Sandbox.

No entanto, para usar esses aplicativos e serviços na Web3, você precisará fazer um depósito em sua carteira blockchain com criptomoedas específicas que são nativas/compatíveis com o aplicativo em questão.

Por exemplo, no StepN você precisará de Solana, e no Decentraland você precisará de Ethereum e MANA. Cada aplicativo exigirá pagamentos em seus tokens ou nas criptomoedas nativas da blockchain. Então esse é o 2º passo.

Na 3ª etapa, você pode criar uma carteira, fazer um depósito e explorar vários aplicativos que você vai querer conhecer. Você só precisa aproveitar a experiência e aprender sobre como melhorar seus recursos de investimento usando exchanges descentralizadas, tornar-se um provedor de liquidez ou um staker e começar a participar da governança descentralizada. Isso realmente fará de você um usuário experiente na Web3.

Web 3.0 e as criptomoedas

O valor de mercado das criptomoedas é de cerca de US$ 1 trilhão, mas sob o mercado geral estão segmentos de blockchains de camada 1, cripto coins que se especializam apenas como moedas e uma série de tokens de jogos, serviços de infraestrutura, aplicativos de dados, plataformas de contratos inteligentes, stablecoins e e a Web3.

Algumas das principais criptomoedas e tokens da Web3 incluem Chainlink, Filecoin, Theta Network, The Graph, Helium, Arweave, Basic Attention Token, Ethereum Name Service, Livepeer, Storj e Audius.

Como investir na Web 3.0?

A maneira mais fácil de investir na Web3 e nas criptomoedas da Web3 acima é comprá-las em mercados Spot e de Contratos em exchanges como a Phemex.

A Phemex tem todos os pares acima mencionados em sua plataforma de negociação para os usuários comprarem e negociarem. Após comprar as moedas e os tokens, você pode transferi-los livremente para os ecossistemas de blockchain e aplicativos DeFi relevantes.

O que o futuro reserva para a Web 3.0

Os pilares da Web 3.0 são: serviços baseados em IA, arquiteturas de dados descentralizadas e uma infraestrutura de computação de ponta. Com a chegada da tecnologia blockchain, aprendizado de máquina e a Internet das Coisas (IoT), o mundo está pronto para adotar uma internet onde as máquinas interagem e compartilham dados sem um intermediário.

Com o tempo, a Web 3.0 trará uma internet mais justa. Os usuários não só obterão informações personalizadas, mas também terão controle sobre seus dados. Isso provavelmente nos afastará da internet exploradora que temos hoje, cheia de entidades centralizadas que buscam lucro.

Embora haja muitos desafios pela frente e possa levar um tempo considerável para fazer progressos substanciais, é encorajador saber que há muitos especialistas trabalhando para esse objetivo.


Se tiver qualquer dúvida, entre em contato conosco em support@phemex.zendesk.com
Siga nossa página oficial no Twitter e no Instagram | Junte-se à nossa comunidade no Telegram
Negocie criptomoedas em qualquer lugar:Download para iOS | Download para Android
Phemex | Conquiste, liberte-se
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Telegram
  • Discord
  • Youtube
Subscribe Phemex

Get The Latest News And Updates From Phemex!

giftRegister to get $180 Welcome Bonus!
Email
Password
Código de convite (opcional)
start trading start trading start trading

Registre-se na Phemex agora para começar a negociar

Registre-se na Phemex

More Articles

Subscribe Phemex

Get The Latest News And Updates From Phemex!

Get The Latest News & Updates!

Bonus

Calling New Moderators & Earn Rewards Coming On-chain Soon